Quem somos

Nosso grupo de pesquisa atua há mais de 15 anos no campo dos psicodélicos com estudos clínicos e pré-clínicos. Temos na equipe profissionais treinados e experientes na condução de ensaios clínicos, contando com neurocientistas, psiquiatras, psicólogos(as), enfermeiras e uma estrutura física adequada e única na categoria no país.

placebo.png
Draulio Araujo_-2_edited.jpg

Nossa história

O nosso grupo foi criado em 2003 pelo Dr. Dráulio Barros de Araújo e desde 2006 conduz pesquisa científica sobre os efeitos de psicodélicos como a ayahuasca. Junto com a Dra Fernanda Palhano, coordenaram o primeiro ensaio clínico randomizado placebo controlado do mundo a testar uma substância psicodélica em pacientes com depressão resistente ao tratamento.

 
O laboratório tem investigado os efeitos dessas substâncias utilizando abordagem multimodal, por técnicas de imagem por ressonância magnética, eletroencefalografia, avaliações fisiológicas, psicológicas e comportamentais. O laboratório está instalado no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), e no Instituto do Cérebro (ICe) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Conheça o time

Draulio_edited.jpg

É formado, com mestrado e doutorado em Física. Pós-doutorado em radiologia pela USP e Fulbright Scholar na Universidade da Califórnia, Santa Bárbara. Professor titular do Instituto do Cérebro (UFRN). Coordena projetos de pesquisas com psicodélicos desde 2006, em especial a ayahuasca, o LSD, e em parceria com a Biomind Labs, com a DMT na forma isolada e pura. Acredita no poder da prática, dá muito valor à vida, à liberdade.

Pesquisador |. Coordenador

Prof. Dr. Draulio Araújo

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
marcelof.jpeg

Dr. Falchi é Psiquiatra, duas vezes premiado no Congresso Brasileiro de Psiquiatria (2017, 2018), atualmente atua como Chefe da Unidade de Pesquisa em Psiquiatria da Biomind Labs em estudos com a DMT.
Ele foi o primeiro médico brasileiro licenciado, desde a década de 1960, a prescrever e acompanhar sessões com LSD em voluntários saudáveis. Enquanto preceptor da residência médica em psiquiatria (PUC-Campinas, SSCF e CHPEO, 2019-2021), iniciou a implementação no SUS de serviço de aplicação de cetamina. 
Em 2014 serviu como médico voluntário no Hospital Indígena (Guarani-Kaiowá, MS). 
É pai de dois gatos, fotógrafo nas horas vagas e coleciona CDs de música clássica. Seu objetivo é introduzir a psiquiatria psicodélica no Brasil.

Médico Psiquiatra

Dr. Marcelo Falchi

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
fernanda.jpeg

Fernanda Palhano é engenheira eletricista com duplo diploma: um da UFRN e outro da École National Supérieure d'Electrotechnique, d'Electronique, d'Informatique, ENSEEIHT, Toulouse/França. Possui mestrado e doutorado em Neurociências pelo Instituto do Cérebro (UFRN). No mestrado, utilizou imagem por ressonância magnética funcional para avaliar os efeitos agudos da ayahuasca em voluntários saudáveis. No doutorado, avaliou o efeito antidepressivo da ayahuasca em pacientes com depressão resistente ao tratamento. Desde 2017 é engenheira de pesquisa no Instituto do Cérebro, onde desenvolve pesquisas envolvendo neuroimagem, psicodélicos e transtornos mentais.

Pesquisadora | Vice-Coordenadora

Dra. Fernanda Palhano-Fontes

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
Nicole Galvão03Ago21_Cícero Oliveira_MG_6188_edited.jpg

Professora do Departamento de Fisiologia e Comportamento da UFRN, Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia (UFRN). Professora adjunta no NICM institute Western Sydney University, Sydney-Austrália.Bacharel em Ciências Biológicas (UFRN), Doutora em Psicobiologia; Pós-doutorado na Western Sydney University, Sydney-Austrália, em tratamentos alternativos e complementares para depressão maior. Em sua linha de pesquisa vem desenvolvendo estudos clínicos e pré-clínicos que investigam biomarcadores moleculares e tratamentos alternativos para depressão unipolar, incluindo substâncias psicodélicas como ayahuasca e cetamina, terapias corpo-mente e exercício físico. Mãe, kitesurfista e cozinha como hobby.

Pesquisadora

Prof. Dra. Nicole Galvão

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
aline.jpeg

Aline Assunção é graduada em enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte   - UFRN. Pós graduada em Urgência e Emergência pela Faveni. Experiência com terapias integrativas e assistência ao paciente Grave. Atualmente está em uma pesquisa clínica envolvendo DMT, sendo responsável pela enfermagem e cuidados gerais. Nas horas livres ama ser mãe de João, Otto e do Baby 3. Amo meditar, assitir séries, rir, ter leveza e senso de humor.

Enfermeira

Aline Assunção

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
rafael.jpeg

Rafael é Graduado em Ciências Biológicas pela UFRN, e membro do laboratório de Neurodinâmica molecular do Instituto do Cérebro. É mestre em psicobiologia (UFRN) e investigou o potencial neurotrófico do 5-MeO-DMT em camundongos. Foi pesquisador colaborador da Universidade de Uppsala - Suécia onde estudou o perfil comportamental de análogos sintéticos de THC. Atualmente está finalizando seu PhD em Psicobiologia investigando o potencial terapêutico dos psicodélicos em modelos animais de depressão. Rafael é gamer e quando não está matando um dragão ou salvando uma princesa gosta de pedaladas lentas e longas para relaxar.

Pesquisador

Rafael Vítor Lima

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
lucas.jpeg

Lucas é biólogo (UFG), com mestrado (UNIFESP) e doutorado (UNICAMP) em Ciências, nas áreas de psicofarmacologia e saúde mental. Atualmente, é pós-doutorando no Instituto do Cérebro da UFRN, e pesquisador colaborador na Cooperação Interdisciplinar para Pesquisa e Divulgação da Ayahuasca (ICARO - UNICAMP) e no Centro Interdisciplinar de Estudos em Cuidados Paliativos (CIECP - UNIFAL-MG). Desde 2010, desenvolve pesquisas e projetos de divulgação científica sobre o potencial terapêutico de psicodélicos. É co-fundador do portal de divulgação científica CienciaPsicodelica.com.br. É praticante de yoga e músico amador

Pesquisador

Dr. Lucas Maia

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
sergio.jpeg

Sérgio é Químico, tem mestrado e doutorado em Físico-Química e Química Teórica pela UFRN. Fez sua tese e dissertação estudando dinâmica molecular e efeito alostérico em proteínas. É servidor do Instituto do Cérebro/UFRN e atua principalmente na detecção e quantificação de neurotransmissores e moléculas psicoativas em diferentes matrizes. Adora jogar futebol, tênis e xadrez, além de assistir documentários e ler nas horas vagas.

Pesquisador

Dr. Sérgio Ruschi

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
Sam_edited_edited.jpg

Sam é graduado em Neurociências pela Universidade de Pennsylvania, e atualmente está finalizando seu mestrado em saude pública na Universidade de Washington. Pesquisa e trabalha nos espaços de transformação mental, realiza pesquisas sobre  meditação,  psicodélicos e saúde comportamental. Se interessa em compreender formas de mudar o cérebro e promover bem-estar, utilizando neurotecnologia. A maioria do seu trabalho acadêmico e profissional em neurociências envolve o uso de EEG. Atualmente está na UFRN com uma bolsa Fulbright. 

Mais do que nada, ele vive para ter e compartilhar uma experiência mental de mais liberdade.

Pesquisador

Sam Tulliman

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
sophie.jpeg

Sophie é psicóloga formada pela UFRN e realiza mestrado em ciências da saúde pelo PPGCSA. Enquanto pesquisadora, investiga os efeitos terapêuticos da DMT em pacientes com depressão resistente ao tratamento e o papel da subjetividade no efeito terapêutico da substância. Atualmente, é psicóloga clínica no projeto DUNAS e psicoterapeuta orientada pela abordagem da psicologia transpessoal.  Sophie é praticante de tecido aéreo, criadora de receitas com plantas e apaixonada por atividades na natureza

Pesquisadora | Psicóloga clínica

Sophie Laborde

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
Hand_edited.jpg

Handersson é psicólogo pela UFRN, Mestrando em Ciências da Saúde pelo PPGCSA. Membro da Associação Psicodélica do Brasil (APB). Formando em Psicologia Transpessoal pelo Instituto Renascer. Conciliador de conflitos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Redutor de riscos e danos pelo Coletivo CelebraTe Utp. Realiza atendimentos como Psicólogo Clínico em consultório particular.Pratica jardinagem e meditação, apaixonado pela natureza e pela literatura, surfa nas horas vagas.

Pesquisador | Psicólogo clínico 

Handersson Barros

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
Raynara.jpeg

Raynara é graduanda em Psicologia. Tem experiência em pesquisa na manifestação de resiliência em jovens residentes nas regiões periféricas e interesse nno uso terapêutico de substâncias psicodélicas. Atualmente, é assistente de pesquisa em ensaio clínico sobre uso de DMT em pacientes com depressão resistente a tratamento.Gosta de assistir série e comer doces, além de praticar artes marciais

Assitente de pesquisa

Raynara Bolcont

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
gustavo.jpeg

Gustavo é graduando em química (licenciatura). Tem experiência com nanopartículas de ouro e prata e atualmente é assistente de pesquisa no processo extração de DMT a partir da Jurema. Gosta de assistir e jogar futebol nas horas vagas e de fazer caminhadas de forma regular.

Assistente de pesquisa

Rubens Gustavo

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
perfil.jpeg

Isaac é Biomédico de formação, atualmente cursa o mestrado no instituto do cérebro da UFRN, tem estudado ciência de dados para investigar o impacto de psicodélicos em biomarcadores de doenças mentais, em especial a depressão. Gosta de correr, fazer trilha e de e-sports.

Pesquisador

Isaac Campos-Braga

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
Foto_20.jpeg

Isabel Wießner recebeu seu bacharelado em Psicologia em 2011 pela Universidade de Konstanz, Alemanha, investigando os efeitos do relaxamento profundo e sono na memória e atividade cerebral (MEG). Para seu mestrado em Psicologia em 2016 na Universidade de Jena, examinou os efeitos da hipnose na percepção da dor e atividade cerebral (EEG). Durante seu doutorado na UNICAMP, SP, ela liderou o primeiro estudo Brasileiro humano duplo-cego placebo-controlado com LSD, examinando seus efeitos em pensamento, criatividade, cognição, experiências psicóticas e terapêuticas. Atualmente, é pós-doc na UFRN pesquisando os efeitos de ayahuasca e DMT na atividade do EEG. Nas horas de lazer, explora outros estados alterados de consciência como a meditação, arte e natureza. 

Pesquisadora

Dra. Isabel Wießner

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
erika.jpeg

Érica é graduanda do curso de Bacharelado em Química pela UFRN. Atuou no desenvolvimento de compostos de coordenação com possível atividade biológica. 

Atualmente, é assistente de pesquisa no processo de extração de DMT a partir da jurema. Nos momentos de lazer, adora viajar, fazer trilha e assistir séries.

Assistente de pesquisa

Erika Pantrigo

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
josevictor.jpeg

José Victor é graduando em Ciências e Tecnologia, participando como assistente de pesquisa na área de etnobotanica da Jurema-Preta e extração da DMT no Instituto do Cérebro da UFRN. Desde a sua graduação em Geologia vem estudando temas relacionados a utilização de plantas da caatinga que possuem a DMT. Já foi mochileiro e membro de atividades voluntárias na área de Redução de Riscos e Danos em diversos estados brasileiros. Ama viajar, pedalar, ter contato com a natureza, e conhecer realidades diferentes.

Assistente de pesquisa

José Victor

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn
rapha.jpeg

Raphael Egel é um músico e artista multimídia. Vindo de uma família alemã de músicos clássicos, ele decidiu desenvolver diversas formas de expressão musical desde pequeno. Crescendo na Floresta Negra, ele acumulou experiência em diferentes bandas e desenvolveu um estilo único de improvisação, misturando influências de eletrônica, ambient, fusão e electrofunk. Para as músicsas do projeto DMT, Raphael combina suas experiências psicodélicas com a alegria musical do Brasil que está vivendo desde chegou no país em 2018.

Músico

Raphael Egel

  • Instagram
  • Twitter
  • LinkedIn